0

De franja curta a corte torto: desastre capilar tem solução

10 set 2014
13h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Muitas mulheres já tiveram uma surpresa negativa após uma mudança no visual. Franja curta demais, cor diferente da desejada e corte torto estão entre os desastres mais temidos. Os hair stylists Viviane Siqueira e Kadu Cesário, do salão Pierre Louis Coiffeur, no Rio de Janeiro, indicam o que fazer quando uma transformação dá errado.

Aprenda com especialistas o que fazer para não arrancar o cabelo após um desastre capilar
Aprenda com especialistas o que fazer para não arrancar o cabelo após um desastre capilar
Foto: ilolab/Shutterstock

Franja curta
Na maioria das vezes, não há muito o que fazer, a não ser esperar ela crescer. Mas dependendo do caso, é possível puxar novas mechas e cortar uma franja irregular desfiada para amenizar o look. Enquanto espera crescer, dá pra disfarçar usando presilhas.

Corte torto
O erro no comprimento é o mais fácil de resolver, a pessoa só deve praticar o desapego, pois será necessário cortar um pouco mais. Dependendo do corte e do tipo de cabelo, dá para repicar, cortar em U ou V. Se não quiser cortar muito, a dica é aderir ao rabo de cavalo, coque ou trança. Se o torto for na frente, o ideal é investir em degradê para disfarçar o erro.

Produto com pigmento avermelhado retira esverdeado do loiro

Wanderley Nunes cria rabo de cavalo com duas texturas

Volume após o corte
O ideal é procurar outro profissional para analisar o cabelo, às vezes dá pra acertar o corte, dando mais leveza para reduzir o volume. Se não tiver jeito, a dica é usar produtos que ajudem a controlar o volume, como gel, mousse e gloss.

Tom errado
Primeiramente, é preciso respeitar a saúde do cabelo e estudar bem o caso antes de fazer outra química. O que ditará o intervalo é o estado do fio. Muitas vezes o tiro pode sair pela culatra e ao tentar consertar a coloração sem respeitar o tempo, o cabelo pode ficar pior.  

Loiro amarelado
A oxidação do produto e do pigmento do fio são os causadores do amarelamento. É importante usar um bom matizador, xampu ou máscara como manutenção, eles ajudam a manter a cor bonita até o retoque. Também é indicado tonalizar no intervalo do reflexo.
 
O ruivo ficou laranja
Por ser uma cor vibrante, o vermelho costuma desbotar muito. Fatores climáticos e até a própria água do chuveiro ajudam a causar esse efeito. Para consertar, conte com o apoio de um profissional para fazer a manutenção. É importante a prevenção usando protetor capilar, evitando exposição ao sol e retirando a água do mar e da piscina dos fios. 

Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade