Selagem térmica preenche fissuras capilares

Tratamento que repõe nutrientes e sela as cutículas dos fios não deve ser feito em casa

29 dez 2014
08h00
  • separator
  • comentários

Com o início do verão, o cabelo sofre ainda mais com as agressões diárias como vento, sol, água do mar e da piscina e uso de aparelhos térmicos, como secador e chapinha. Apesar de o calor ser prejudicial aos fios, ele pode ser usado a favor da saúde e da beleza para intensificar o efeito de tratamentos.

O calor de aparelhos térmicos pode ser usado para intensificar o efeito de tratamentos
O calor de aparelhos térmicos pode ser usado para intensificar o efeito de tratamentos
Foto: Andresr/Shutterstock

O hair stylist Vagner Mattos, do salão Studio W JK, em São Paulo, explica que a selagem térmica trata os fios usando o calor de aparelhos térmicos: “Usamos uma fonte de calor como prancha de vapor, torre de calor ou vapor a seco ou escova e piastra a seco. Este tratamento consiste em preencher as fissuras do cabelo e alinhar as cutículas no final, deixando-as seladas”.

Intercalar tratamentos no salão e em casa recupera os fios

Wanderley Nunes indica 3 tratamentos para nutrir o cabelo

Diferentemente de outros tratamentos, a selagem precisa de profissional, não deve ser feita em casa. “A grande diferença para a hidratação comum é a ação na cutícula, deixando os fios mais alinhados e polidos. Sendo assim, os nutrientes depositados no interior do fio não se desprenderão facilmente”, explica o profissional.

Depois do tratamento no salão, a manutenção em casa pode ser feita com máscara hidratante duas vezes por semana. “Geralmente, a indicação para fazer a selagem térmica é para o cabelo que tem reflexo, mecha ou descoloração. Cabelo com alisamento, relaxamento, escova definitiva ou que recebeu muito calor de escova e secador e por isso ficou indisciplinado e ressecado”, esclarece o hair stylist.

Procedimento
Primeiro passo: Análise do tipo e quantidade de nutrientes que o cabelo necessita (proteína, aminoácido e hidratantes).
Segundo passo: Lavar com xampu alcalino para eliminar resíduos e deixar as partes fragilizadas à mostra e limpas, prontas para receber os nutrientes.
Terceiro passo: Aplicar a mistura de nutrientes e usar a fonte de calor, a mais usada é a vapofusion, que é feita mecha a mecha.
Quarto passo: Enxaguar o excesso e aplicar máscara hidratante para dar o acabamento de maciez na superfície da cutícula.
Quinto e último passo: Escovar o cabelo normalmente.

Fonte: Canarinho Press

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade