0

Desenho compara curvas de Barbie com as de uma "mulher real"; veja

5 mai 2013
20h28
atualizado às 20h34
  • separator
  • comentários

Com cintura extremamente fina e longas pernas, a boneca mais famosa do mundo tem sido alvo de críticas de feministas e outros grupos de mulheres que dizem que ela promove uma ideia doentia da imagem corporal.

<p>A imagem estima que se Barbie fosse uma mulher de verdade, ela pesaria 50 kg e teria o IMC 16,24</p>
A imagem estima que se Barbie fosse uma mulher de verdade, ela pesaria 50 kg e teria o IMC 16,24
Foto: Reprodução

Para comparar e ver se, de fato, as medidas são fora do comum, o ilustrador Nickolay Lamm criou imagens geradas por um computador que coloca lado a lado uma mulher com as proporções da Barbie e outra com proporções médias de uma mulher real de 19 anos.

Ampliada em "tamanho humano", a boneca apresenta medidas bem diferentes, com 91 cm de busto, 45 cm de cintura e 83 de quadril. Enquanto isso, as mulheres médias apresentam 96 cm de busto, 84 cm de cintura e 1 m de quadril. As informações são do Huffington Post.

Ainda que tenha sido criada em 1950 e inspirada no estilo pin-up de Betty Grable, Barbie é muito mais esguia, já que a atriz também apresentava outras proporções, com 91 cm de busto, 60 de cintura e 88 de bumbum.

A imagem estima que se Barbie fosse uma mulher de verdade, ela pesaria 50 kg e teria o IMC (Índice de Massa Corpórea) 16,24, que se encaixa nos critéris de peso para pessoas com anorexia. Isso levando em consideração que, enquanto uma mulher média tem 1,62 m de altura, Barbie teria 1,72.

Outro ponto surpreendente é que o pescoço da Barbie teria apenas 22 cm de diâmetro, comparado a 38 cm da adolescente, o que dificultaria a sustentação da cabeça.

"Algumas pessoas dizem que a Barbie é apenas um brinquedo e que não devemos dar tanta atenção às suas proporções do corpo”, disse Lam à publicação. “Sim, Barbie é apenas um brinquedo. Ao mesmo tempo, é um brinquedo que as meninas se inspiram e querem ser iguais”, completou.

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade