0

Mulher "com os maiores seios da Inglaterra" vende fotos de topless

25 abr 2013
15h19
atualizado em 10/12/2013 às 13h08
  • separator
  • 0
  • comentários

O que para muitas mulheres seria motivo de dor de cabeça, para Claire Smedley, 30 anos, é razão de orgulho e também de ganha pão. A inglesa, mãe de três filhos, vive divulgando que tem os maiores seios do país. Ela usa sutiãs de tamanho 40MMM. O número corresponde ao tamanho das costas e as letras indicam o volume do bojo.

<p>Ela contou que aos 16 anos recebeu a sugestão de fazer redução das mamas</p>
Ela contou que aos 16 anos recebeu a sugestão de fazer redução das mamas
Foto: Reprodução

Para se ter ideia do tamanho dessas peças, a Liz, uma das poucas empresas brasileiras que vende sutiãs com numeração para costas e seios, lançou recentemente bojos no tamanho F e G, exclusividade da empresa no país, para mulheres com seios que correspondem ao manequim 52. Imaginem então o tamanho de um bojo M!

Em entrevista do jornal inglês The Sun, ela revelou que aos 16 anos recebeu a sugestão de fazer redução das mamas. Na época, ela era alvo de chacotas de colegas pelos seios muito avantajados. E não foi só isso: faziam com que ela corresse para que o volume ficasse balançando e fosse motivo de piada.

Quando frequentava a igreja, Claire disse que era discriminada porque consideravam seus trajes inapropriados, já que não conseguia esconder o volume da região. "Chegou a um ponto que uma pessoa disse que eu deveria fazer redução das mamas porque não era justo ficar provocando os homens daquela maneira", revelou em entrevista à televisão inglesa.

Mas com o passar dos anos, ela decidiu usar o problema a seu favor e hoje ganha a vida vendendo fotos suas de topless. Cada imagem custa 150 libras, ou R$ 450.

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade