Corpo

publicidade
11 de março de 2013 • 12h48 • atualizado às 13h00

Rihanna posta foto de bumbum de fora; saiba como ter formas parecidas

 

Rihanna gosta de mostrar o corpo e usa as redes sociais para publicar imagens suas de lingerie. A última focava especialmente nas nádegas e foi divulgada no Instagram da cantora. Rihanna usava calcinha de renda fio dental, ligas e botas de canos altíssimos, presos a um cinto. A imagem foi uma maneira de agradecer a peça da Prada, que foi feita especialmente para ela. Elogios à forma da cantora não faltaram, principalmente por ser uma foto que não recebeu nenhum tratamento, como Photoshop, antes de ser divulgada.

Rihanna esculpe as forma segundo método criado por seu personal trainer Harley Pasternak, que também cuida da boa forma de Halle Berry, Megan Fox, Robert Downey Jr., entre outros. Segundo o site Grazia, a primeira exigência do programa de exercícios é a de dar 10 mil passos por dia, quantidade assegurada pelo uso de um podômetro.

Rihanna pratica apenas 25 minutos de exercícios, cinco dias por semana, técnica pelo qual o especialista ficou conhecido. Trata-se de uma sessão de cinco minutos de exercícios aeróbicos, seguida de uma série de musculação para a parte de cima do corpo, outra com foco na parte de baixo e mais uma sessão dirigida aos abdominais. O treino é finalizado com mais cinco minutos de aeróbica. "Coloquei um treino que consiste em 5 minitreinos de cinco minutos. Ela pratica cinco vezes por semana, não importa onde esteja no mundo. É fácil para encaixar na sua agenda corrida e mesmo durante as férias", disse.

Além disso, a cantora segue dieta prescrita por Harley, com cinco pequenas refeições diárias, todas contendo cinco ingredientes chave: proteína, fibras, carboidratos de frutas e vegetais e gordura saudável, como a obtida do abacate e nozes e uma bebida sem açúcar. Uma vez por semana a dieta é liberada e a cantora pode comer o que quiser. Mesmo assim, segundo especialistas ouvidos pelo Terra, a genética é a primeira responsável pelo bumbum invejável de Rihanna.

"O primeiro aspecto importante que deve ser falado sobre a região é a constituição genética das pessoas. Isso significa que qualquer região do corpo sempre pode melhorar, porém existe um limite. E esse limite é individual! Por isso, vale salientar que uma mulher com o corpo da Carolina Ferraz dificilmente conseguirá ficar como a Beyoncé mesmo treinando e se alimentando corretamente", disse o personal trainer Rafael Lund, responsável pelas formas de Flávia Alessandra, Giovanna Lancellotti, Deborah Secco, entre outras.

A personal Vanessa Fiorotti concorda no papel da natureza nas formas da cantora. "Se a mulher já tem predisposição para ter um bumbum mais redondo, quadril maior, sabemos que essa mulher vai desenvolver mais facilmente um bumbum bonito, ou o biotipo almejado pelas mulheres", garantiu ela.

Confira dicas de como esculpir a região dos glúteos e quais os principais inimigos da boa forma na região.:

"Em minha opinião, a perfeição está nos olhos de quem vê, mas se tivesse que orientar alguém para melhorar a região iria prestar atenção nos seguintes aspectos: rigidez/flacidez (se e duro ou flácido), se apresenta celulite, o tamanho e a região do culote. Através do treinamento, podemos desenvolver e melhorar todos esses aspectos", diz Rafael.

Segundo Vanessa, o bumbum da cantora é bem torneado e sem gordura localizada, o pesadelo de todas as mulheres. A personal destaca que é possível ter um bumbum perfeito, assim como pernas, barriga, o que for de desejo da pessoa. Não se pode esquecer que há sacrifícios por trás disso, como uma alimentação regrada e muito treino. Vanessa considera que a dança, modalidade que Rihanna pratica muito, ajuda bastante no aspecto do seu corpo.

As brasileiras, e as latinas em geral, têm bumbuns avantajados, porém volume e quantidade nem sempre são sinônimos de qualidade, porque o tamanho do bumbum é definido por questões genéticas e também pela quantidade de gordura localizada. "É muito comum ouvir de mulheres que querem perder gordura abdominal, mas dizem que o bumbum está com um tamanho ótimo!", afirmou a personal.

Segundo Rafael, a alimentação das latinas envolve alimentos com índice de gordura alto, refrigerantes, entre outros, que aumentam a celulite e gordura localizada, piorando ainda mais a situação.

Fazer exercícios específicos para os glúteos pode não ser o mais eficiente. Segundo Vanessa, o agachamento total, feito com pesos e dobrando as pernas até o bumbum quase chegar ao chão, é o exercício mais completo e eficaz. E duas vezes por semana é o mínimo para obter resultados.

Os melhores exercícios são os agachamentos e suas variações (passada, levantamento Terra, entre outros). Devem ser feitos três vezes por semana, em dias alternados, recomenda Rafael Lund.

A alimentação responde por 60% dos resultados da boa forma. O restante vem com a malhação. "A frase você é o que você come é verdadeira. Precisamos ter cuidado com a quantidade de gordura ingerida, comer de três em três horas para que o metabolismo permaneça mais acelerado e o corpo não armazene gordura e para não comer em excesso por conta da fome. A bebida também influencia bastante", garante Vanessa.

Ponto a Ponto Ideias