Corpo

publicidade
09 de agosto de 2012 • 15h23 • atualizado às 16h39

Veja 23 dicas infalíveis para conquistar uma barriga chapada

Alguns alimentos e hábitos podem ajudar a secar a barriga
Foto: Getty Images
 

Ter uma barriga lisinha, sem pneus e com bom tônus muscular vai além do fator estético. A boa forma na região significa riscos menores riscos de desenvolver diabetes, doenças cardíacas e até câncer, dizem estudos. O site Health publicou um guia com atitudes e atividades que podem ajudar a reduzir medidas e a modelar a barriga. Confira:
 

Está acima do peso? Calcule aqui seu IMC
Saiba quantas calorias tem cada alimento
Confira 50 erros que fazem engordar

 

Evite cerveja
Um estudo publicado no Jornal Americano de Epidemiologia aponta que quem tem hábito de beber cerveja tem a cintura mais larga do que os consumidores habituais de vinho. O fato foi observado nas pessoas que mantinham o hábito durante seis dias na semana.

Coma mirtilos
As pequenas frutinhas têm o poder de ajudar a perder a barriga, segundo estudo da Universidade de Michigan. Elas podem ser consumidas ainda em pratos com cereais, iogurtes e saladas.
 
Invista no óleo de coco
A nova substância da moda tem real influência na perda de medidas. Levantamentos feitos no Brasil descobriram que o consumo de 30 ml diários ajudaram no emagrecimento de mulheres obesas, que faziam dieta e exercícios regularmente.
 
Faça abdominais rápidas
O ato ajudaria a ativar mais músculos na região do tronco, do que fazer o exercício de maneira mais lenta. Essa é uma conclusão de estudo publicado no Jornal da Força e Condicionamento Físico.
 
Ingira ovos
Pessoas em dieta que comiam dois ovos no café da manhã conseguiram diminuir mais centímetros na cintura do que os que consumiam a mesma quantidade de calorias vindas de outros alimentos, como pães, por exemplo. As informações são do Jornal da Obesidade.
 
Aposte em peças modeladoras
Além do resultado imediato, uma roupa que comprime a região ajuda a manter a postura ereta e aumenta a consciência corporal na área.
 
Sinta-se feliz
O Jornal da Obesidade publicou estudo que associa depressão a uma barriga maior. Portanto, não ignore sentimentos de tristeza, pois eles podem estar causando a barriga.
 
Consuma grãos integrais
O Jornal de Nutrição Clínica, nos Estados Unidos, divulgou que pessoas sob dieta que consumiam alimentos com grãos integrais, como arroz, massas e pães, emagreceram mais do que os que comiam os mesmo itens feitos de farinha refinada.
 
Malhe na medida certa
Vinte minutos de exercícios aeróbicos moderados três vezes por semana ajudam a queimar muito mais gordura abdominal do que o dobro do tempo na academia fazendo atividades mais leves, diz um estudo australiano.
 
Tome suplemento de cálcio
A Universidade do Tennessee divulgou que pessoas sob dieta que consumiam um suplemento diário de cálcio perderam três vezes mais medidas na barriga do que as que não ingeriram a substância.
 
Levante pesos
Mulheres que costumam se exercitar com levantamento de pesos duas vezes por semana tendem a perder mais gordura abdominal e não conquistam os centímetros de volta, segundo o Jornal de Nutrição Clínica, dos Estados Unidos.
 
Faça exercícios aeróbicos

Manter uma rotina de malhação evita o acúmulo da indesejada barriguinha ao longo dos anos, segundo estudos.
 
Coma nozes
Os benefícios do consumo de uma porção diária de nozes foram apontados em pesquisa do Jornal da Obesidade. O estudo afirma que quem mantém o hábito perde até 4 cm a mais na barriga do que os que seguem dieta sem o alimento.
 
Preste atenção às roupas
Escolher peças que favorecem o tipo físico e enfatizam a parte mais fina do corpo é importante para manter a imagem esguia da silhueta.
 
Pratique Pilates

Estudo da Universidade do Alabama aponta que alguns movimentos feitos em aulas da modalidade são muito mais eficientes do que os abdominais convencionais quando o assunto é eliminar a barriga.
 
Pare de fumar
O vício ajuda a acumular mais gordura abdominal, segundo pesquisa conduzida na Holanda
 
Não se esqueça das proteínas
Pessoas sob dieta cuja alimentação incluía 40% de proteínas emagreceram mais do que os que ingeriam apenas 15% do grupo alimentar, segundo pesquisas.
 
Escolha o sutiã certo
Pode parecer loucura, mas um sutiã que mantém os seios no lugar pode ajudar a diminuir a barriga. Isso porque a região não ficará amontoada sobre o abdômen. Tente.
 
Beba moderadamente
Pessoas que têm o hábito de consumir uma taça de vinho diariamente costumam ser mais esguias do que as bebem muito apenas uma vez na semana.
 
Realize exercício cruzado
Um estudo da Universidade de San Diego, nos Estados Unidos, aponta que tocar o joelho esquerdo com o ombro direito e depois o oposto ajuda a fortalecer muito mais a região abdominal do que os tradicionais abdominais.
 
Dê adeus à preguiça
Segundo estudo da Universidade Duke, as mulheres que passam tempo jogadas no sofá acumulam mais de 11,6% de gordura abdominal ao longo de oito meses do que as que não malham, mas mantêm rotina mais ativa.
 
Controle seu estresse
Mulheres com maiores níveis de estresse têm as cinturas mais largas, segundo estudo da Universidade de Yale. Portanto, relaxar é a palavra de ordem.
 
Fique atenta à cintura do jeans
Preste atenção na altura da calça, pois ela pode estar enfatizando a região do corpo que mais acumula gordura e deixando seu corpo parecendo maior do que realmente é.

Ponto a Ponto Ideias