publicidade
29 de maio de 2012 • 14h43

Charmosas e femininas: veja ideias de tatuagens para mulheres

As mulheres estão cada vez mais dispostas a tatuar o corpo; especialistas informam que, independente do tamanho ou estilo, dá para garantir a feminilidade
Foto: Divulgação/Getty Images
 

As mulheres estão cada vez mais adeptas às tatuagens: é só dar uma olhada nas fotos das famosas para ver os mais diferentes estilos e tamanhos. Frases, símbolos, flores, borboletas, corações e outros formatos aparecem desde os lugares mais escondidos, até os pontos mais ousados do corpo.

Rihanna, Megan Fox, Mylei Cyrus, Vanessa Hudgens são algumas das celebridades internacionais que já enfrentaram a agulha, enquanto que, dentro do território nacional, estão nomes como Deborah Secco, Giovanna Ewbank, Luana Piovani, Gisele Bündchen e Isis Valverde, que, encarnando a sensual Suelen de Avenida Brasil deixa o grande desenho que estampa boa parte da sua costela à mostra.

O Terra conversou com especialistas que deram algumas dicas sobre o que torna as tatuagens mais femininas, independente do tamanhoo u do formato. Eles contaram também que tipo de tatuagem está sendo mais procurada e hoje, e quais já caíram de moda. Confira.

Comportadas
As mulheres mais delicadas sempre preferem os desenhos menores, conforme explicam os especialistas. Muitas optam por não mostrar a tatuagem por completo, ou, no máximo, deixar à mostra apenas um pedacinho, instigando a curiosidade alheia. De acordo com o tatuador Antônio Carlos Ferrari, do Scorpions Tatoo, de São Paulo, o símbolo mais procurado atualmente por este estilo de mulher é o do infinito. “Muitas misturam o símbolo com frases no contorno, ou com o nome dos pais, ou dos filhos”, observa.

Para ele, a onda das estrelinhas e coraçõezinhos já passou. “Há uns dois anos eram as mais procuradas”. Por outro lado, entram em cena os arabescos, que, segundo Antônio, “é o tipo de desenho que dá para integrar em  qualquer lugar formando um harmonia perfeita", explica. "O tatuador tem mais liberdade para trabalhar junto com outros desenhos delicados, como uma flor uma borboleta”. Entre os locais mais procurados pelas mais discretas, estão o tornozelo e as costas – mais perto da nuca.

O tatuador Mario Jorge dos Santos, do estúdio Tattoo You, observa que há uma procura grande também por desenhos delicados e estilizados, como diamantes e flores menores. “Hoje em dia maioria das mulheres fazem escritas pequenas, frases que remetem a alguma coisa, no pulso, na parte interna do braço, e na costela, que também acaba sendo restrito pois geralmente fica na linha do sutiã”.

Das estilosas às mais radicais
Para as que, no lugar de esconder a tattoo, fazem questão de expor, dá para ter estilo sem perder a feminilidade, indicam os profissionais. Antônio indica como exemplo os desenhos orientais e a fênix, que, segundo ele, oferece uma infinidade de movimentos e cores. “Geralmente vai alguma flor junto, para deixar bem suave e feminina. Pode ser feita no peito, no ombro, braço e costas”, indica.

O profissional lembra também da onda das caveiras, estampa que está em destaque nas semanas de moda, nas bolsas, camisas e lenços. “Algumas optam pela caveira mexicana, que é bastante colorida”, afirma.

Mario explica que mesmo as tatuagens mais masculinizadas, como o caso das que decidem cobrir completamente alguma parte do corpo, por exemplo, podem receber um toque de feminilidade. “Uma mulher que vai fechar o braço pode incluir algumas flores e arabescos, que trazem um movimento bacana”, observa.

Cores e formas
Com relação às cores, os profissionais indicam menos colorido para as peles mais escuras, e mais sombreados; enquanto os tons mais vivos caem bem para as que têm a pele mais clarinha. “A tatuagem depende muito do tom de pele da pessoa”, explica Antônio.

As frases, quando maiores, ficam mais femininas quando feitas na costela, de comprido, ou nas costas, na linha da cintura da calça, observa o profissional. Já as mais curtas combinam com o tornozelo ou acima do cóccix. Ele observa que a fonte utilizada também faz toda a diferença. “Procuramos trabalhar bastante no tipo de letra, bem manuscrita, para não ficar muito comum e ficar mais delicado”, explica.

As mais ousadas também arriscam tatuagens na virilha, que, segundo Antônio, geralmente são menores, como morangos ou maçãs com uma estratégica mordida. “Algumas também fazem nomes de namorados, mas geralmente fazemos menores e mais claras para dar a possibilidade de cobrir, se o relacionamento não der certo”, disse.

E para quem fez a primeira tatuagem e mal pode esperar para fazer as próximas, Mario avisa. “quando estão muito próximas uma da outra, é interessante que sigam o mesmo estilo”. Para não cometer erros ou excessos, ele indica que a pessoa converse com o profissional e dê liberdade para que ele estude junto os desenhos das tatuagens, para que fique mais adequada ao estilo da pessoa.

Terra