0

Tratamentos dão fim à flacidez após grande perda de peso

1 mai 2014
08h00
  • separator
  • comentários

A busca implacável pelo corpo perfeito costuma esbarrar quase sempre na adoção de dietas rigorosas e até de intervenções cirúrgicas que ajudam no combate aos quilos extras d balança, mas acabam, muitas vezes, deixando braços, abdômen e coxas marcados pela implacável flacidez.  

Após grande perda de peso, tratamentos estéticos podem ajudar a reduzir a flacidez que costuma atingir braços, abdômen e coxas
Após grande perda de peso, tratamentos estéticos podem ajudar a reduzir a flacidez que costuma atingir braços, abdômen e coxas
Foto: Shutterstock

Nesta hora, quem deseja tonificar a pele para se livrar de uma vez do problema decorrente da perda de massa muscular pode contar com a ação de diversos equipamentos que são eficazes, especialmente quando a falta de firmeza não é tão intensa.

“Tudo depende do tipo de tecnologia adotado, mas a maioria das técnicas disponíveis no mercado melhora satisfatoriamente a flacidez, além de atuar na redução da celulite e da gordura localizada”, afirma Ana Cláudia Gomes, fisioterapeuta dermato-funcional do Zahra Spa & Estética, de São Paulo. Por isso, confira, a seguir, quatro procedimentos estéticos que podem dar fim ao excesso de pele, que parece sempre acompanhar o processo de emagrecimento.


Hertix
Indicação:
ideal para o combate à flacidez e celulite. 
Benefícios: por meio de uma corrente elétrica alternada de alta frequência, o aparelho provoca calor nos tecidos dérmicos para aumentar a circulação sanguínea da região tratada e estimular a formação de um novo colágeno, capaz de reduzir a flacidez, melhorar o aspecto da pele e até tratar as celulites de graus 1, 2 e 3. Os resultados começam a surgir a partir da terceira sessão.
Quantidade de sessões: quantidade de sessões varia conforme o metabolismo individual, o tipo de pele, o grau de flacidez e a idade da paciente. Gestantes, pessoas que utilizam marca-passo e possuem doenças como câncer, diabetes, infecções sistêmicas e trombose ou estão em processo pós-operatório não devem se submeter ao procedimento.
Valor médio: a partir de R$ 200.

Phydias
Indicação:
atua em prol do tônus muscular e do combate à flacidez.
Benefícios: aparelho de eletroestimulação computadorizado (corrente russa) estimula vários grupos musculares e trabalha todos os tipos de fibras ao provocar contrações. Além disso, aumenta a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos, assim como a resistência e o tônus muscular.
Quantidade de sessões: varia de acordo com as características (metabolismo, tipo de pele, grau de flacidez e idade) de cada paciente. Pessoas hipertensas, diabéticas, gestantes ou com problemas cardíacos e lesões musculares devem evitá-lo.
Valor médio: a partir de R$ 110.

Carboxiterapia Corporal
Indicação: melhora a flacidez e reduz a gordura da área tratada.
Benefícios: por meio da aplicação de gás CO2, aumenta o metabolismo e a nutrição da área tratada, devido à vasodilatação, potencializando a produção de fibras colágenas e elásticas que melhoram a flacidez e reduzem a gordura em todas as regiões do corpo. Os resultados são percebidos após a quarta sessão.
Quantidade de sessões: são indicadas 12 sessões ao todo, realizadas duas vezes por semana. Gestantes e pacientes intolerantes à dor devem evitar o procedimento.
Valor médio: por volta de R$ 100.

Power Shape Platform
Indicação: ajuda a eliminar a flacidez, além de atuar no combate à gordura localizada e celulite.
Benefícios: equipamento associa ultrassom cavitacional, radiofrequência multipolar, LED e sistema pneumático de endermologia para produzir novas fibras colágenas e elásticas que ajudam a eliminar a flacidez, gordura localizada e celulite em todo o corpo, proporcionando alguns resultados já na primeira sessão.
Quantidade de sessões: o ideal é realizar seis sessões uma vez por semana. Gestantes e pacientes com problemas hepáticos graves não devem realizar o tratamento.
Valor médio: R$ 400.

Fonte: Agência Hélice

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade