0

Depilação facial com cera quente ou fria não causa flacidez

1 jul 2014
13h00
atualizado em 2/7/2014 às 11h37
  • separator
  • comentários

No buço, nas sobrancelhas e até mesmo no queixo, os pelos faciais precisam ser aparados frequentemente pelas mulheres que desejam ficar com a beleza em dia. Para isso, o que não faltam são técnicas de depilação eficazes, como a cera quente ou fria. Bastante indicada para outras regiões do corpo, ela também é usada para acabar com a pelugem do rosto. Apesar disso, muita gente acredita que a sua utilização pode causar flacidez devido aos intensos puxões. Será mesmo verdade? Para esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao assunto, confira, a seguir o que procede e o que não passa de boato no quesito depilação facial.

Apesar de ser frequentemente usada para acabar com a pelugem do rosto, a cera carrega a fama de facilitar o surgimento de rugas e causar flacidez
Apesar de ser frequentemente usada para acabar com a pelugem do rosto, a cera carrega a fama de facilitar o surgimento de rugas e causar flacidez
Foto: Shutterstock

Remover os pelos do rosto com cera pode causar rugas e flacidez.
Mito. Ao contrário do que muita gente imagina, a perda de firmeza da pele não tem relação com nenhum método destinado à remoção de pelos. Pelo menos é o que garantem os especialistas no assunto. “Apesar de muitas pessoas se preocuparem ao retirar os fiozinhos da sobrancelha ou do buço com o auxílio da cera, a flacidez facial não tem nada a ver com ela. Esse problema é causado, na verdade, pelo enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina da derme, que não são atingidas durante o processo de depilação, mas vale ressaltar que se a técnica for realizada de forma incorreta e sem um espaço de tempo adequado, é possível que ela favoreça o surgimento da flacidez no rosto”, esclarece Angélica Pimenta, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).   

Depilação indiana no rosto é a mais indicada para quem sofre com alergia.
Verdade. Pouco aderido pelas mulheres brasileiras, o método de depilação com linha é o mais indicado para quem tem a pele sensível ou faz algum tratamento com ácido no rosto. “Essa técnica é uma das melhores para a região facial, pois não agride a pele, não causa irritações e oferece resultados duradouros rapidamente”, afirma.

A retirada dos pelos faciais com creme depilatório é mais segura.
Mito.
O processo de remoção dos pelos faciais com cremes depilatórios precisa ser feito com bastante cuidado, porque eles podem causar queimaduras se ficarem por muito tempo sobre a pele. “Esse risco é muito grande, assim como a chance de irritação”, alerta a médica. Similares às lâminas, que apenas cortam os pelos, sem eliminá-los pela raiz, essas loções atrasam em até cinco dias o crescimento dos fios, mas deixam a sensação de que eles estão grossos. “Por isso, vale ler direitinho as recomendações de como usar o produto e testar primeiro em outra região do corpo, como no braço, antes de aplicá-los na face”, indica.   

A pinça é o método mais indicado para fazer a sobrancelha.
Verdade.
Ótima aliada para quem deseja tirar poucos pelos e desenhar as sobrancelhas, a pinça não provoca nenhum risco à pele. Por isso, também pode ser usada no queixo para a remoção dos pelos curtos, que são mais difíceis de serem eliminados. “Quando empregada corretamente, sem cortar os fios ao puxá-los, a pinça os removem desde a raiz”, garante Angélica.

MITO: Ao contrário do que muita gente imagina, a afirmação de que a depilação facial com cera quente ou fria favorece a flacidez da pele não corresponde à realidade. Segundo a médica dermatologista Angélica Pimenta, esse probleminha estético é causado, na verdade, pelo enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina, que não são afetadas durante o processo de remoção dos fios. Apesar disso, métodos como a depilação indiana e a pinça também podem ser feitos sem medo para acabar com a pelugem do rosto.

Fonte: Agência Hélice

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade