5 eventos ao vivo

Nova técnica deixa silicone dos seios imperceptível ao toque

9 ago 2013
07h21
atualizado em 13/8/2013 às 16h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma das cirurgias estéticas mais procuradas pelas mulheres que desejam turbinar os seios, o tão sonhado implante de silicone acaba de ganhar uma nova versão. Conhecido como Dual Plane, o procedimento permite que a prótese fique praticamente imperceptível ao toque, conferindo um aspecto natural às mamas, principalmente nas pacientes com pouco busto e insatisfeitas com o sutiã tamanho 36.

Diferenciada por promover uma melhor cobertura da prótese mamária ao colocá-la parcialmente sobre o músculo peitoral e a porção inferior da glândula do seio, a técnica oferece, ainda, um pós-operatório menos dolorido do que o implante submuscular que mexe no músculo e realizado no mercado por atuar de forma certeira na região tratada. “O resultado do método é visivelmente mais harmônico e natural, pois não deixa a mama com aquele estigma típico de prótese de silicone”, afirma Márcio Castan, cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

De fácil e rápida aplicação, a novidade é realizada numa única sessão que leva, em média, de uma a duas horas de duração, permitindo que a paciente volte para a casa logo após o efeito da anestesia. “Com resultados efetivos, depois da cirurgia, dificilmente encontramos aquelas ondulações comuns que aparecem nos seios. E com o tempo de recuperação, observamos a conquista de uma pele lisinha e uniforme”, afirma o especialista.
 
Contraindicações
Como todo e qualquer procedimento médico, o Dual Plane também apresenta algumas restrições.  Por isso, não é indicado para pacientes com doenças cardíacas, alterações pulmonares, diabetes, hipertensão arterial, anemias, histórico de câncer e mastite. Este público não pode se submeter ao método sem antes passar por uma ampla avaliação do profissional especializado.

FICHA TÉCNICA
Nome do tratamento: Dual plane.
Indicação: técnica de inclusão da prótese mamária na área que compreende, parcialmente, todo o músculo peitoral e a porção inferior da glândula do seio.
Benefícios: é praticamente imperceptível ao toque, mantém a aparência natural dos seios, principalmente nas mulheres com pouco busto.
Quantidade de sessões: uma.

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade