6 eventos ao vivo

Novo laser trata peles morenas e negras sem provocar manchas

26 jun 2013
07h11
atualizado às 07h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Até então impedidas de usar a tecnologia do laser para tratamentos estéticos, devido à formação de manchas e até queimaduras nas áreas em que o protocolo é aplicado, as mulheres com peles morenas e negras agora podem contar com uma novidade capaz de promover rejuvenescimento, depilação e remoção de marcas por meio da tecnologia de luz direcionada à melanina.

Estudos internacionais deram origem ao aparelho RevLite, pioneiro numa tecnologia que realiza alta aplicação de energia em um curtíssimo espaço de tempo (cinco nanosegundos). Diferentemente das técnicas convencionais, ele não gera calor, mas um efeito fotoacústico, devido a um poderoso impacto mecânico, suficientemente capaz de destruir o alvo na área a ser tratada. “Assim, evita-se o perigo dos efeitos térmicos, nocivos à pele escura, e também queimaduras, dores e incômodos”, relata Fernando Macedo, dermatologista e coordenador do grupo de discussão de laser da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Esse novo laser pode ser aplicado em qualquer área do corpo, o que o permite tratar uma série de problemas cutâneos, sem medo. Além da depilação, que atinge até mesmo os pelos finos, é possível cuidar de lesões pigmentares dérmicas e epidérmicas, entre elas o melasma, tatuagens multicoloridas, lesões vasculares e olheiras. Paralelamente também é possível estimular o rejuvenescimento, já que por meio das sessões ocorre o estímulo da síntese da proteína de sustentação da pele, fechamento dos poros e a melhora da textura.

A duração do tratamento varia de acordo com sua finalidade e o tom da cútis de cada paciente. Em caso de melasmas, pode levar de seis a dez sessões, para o rejuvenescimento entre cinco e dez, para a depilação entre oito a 15 visitas à clínica estética e na remoção de tatuagem pode chegar a 15. “Peles morenas e negras podem exigir mais tempo, mas independente disso, pode haver alteração, de acordo com a avaliação médica”, completa. O melhor é que após se submeter ao aparelho, a mulher não precisa suspender as atividades do dia a dia, podendo retornar ao trabalho imediatamente.

FICHA TÉCNICA
Nome do tratamento: laser RevLite
Indicação: rejuvenescimento, depilação e remoção de marcas em peles morenas e negras
Benefícios: melhora a qualidade da cútis, remove pelos e tatuagens multicoloridas sem causar manchar 
Quantidade de sessões: até 15 sessões
Preço médio: entre R$ 120 e R$ 1.100 (de acordo com o tratamento e área)

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade