Para Sua Pele

Para Sua Pele

publicidade
23 de abril de 2012 • 09h11

Argila francesa dá fim à acne e dá equilíbrio mineral à pele

A argila francesa é conhecida por combater a oleosidade, promover o equilíbrio mineral e hidratar a cútis
Foto: Shutterstock / Terra
 

Quem busca melhorar o aspecto da pele têm um aliado poderoso de origem natural: a argila francesa (ou verde) que vem ganhando popularidade. Isso porque ela ajuda a combater a oleosidade, a acne, a diminuir edemas e a promover o equilíbrio mineral da cútis, sendo ainda, compatível com os mais variados tipos de pele.



Sua coloração esverdeada é consequência da ação de materiais como o óxido de ferro, magnésio, cálcio e potássio. "Esfoliante natural, ela deixa a pele iluminada e atenua as manchas. A maioria dos spas que trabalha com medicina alternativa usa a argila francesa como base para suas terapias,"comenta Gustavo Galves, consultor e professor das áreas de estética e cosmetologia.



Por ter ação adstringente, tonificante e até bactericida, a argila verde é indicada principalmente nas sessões de peeling natural. "Isso tudo porque remove o excesso de oleosidade e ainda nutre os tecidos com sais minerais", complementa Leila Bloch, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).



O produto pode ser utilizado no rosto como máscara, compressa ou bandagens, ou também no corpo, mas é importante contar sempre com a presença de um esteticista na hora da aplicação, pois apesar de natural, a argila pode trazer consequências negativas se utilizada de maneira incorreta. "Irritações e alergias na pele costumam ser os resultados deste uso inadequado," explica Leila.



Modo de usar

Geralmente, a argila é aplicada em forma de máscara e deve agir por até 30 minutos. Para facilitar a retirada, é necessário colocar gaze embebida em loção tônica. O consumidor deve ficar atento aos preços, que podem variar de R$ 25 a R$ 80, para a aplicação.



Agência Hélice,
Especial para o Terra
Terra Terra