0

Mudanças nos cuidados da pele evitam ressecamento no outono

2 abr 2013
07h16
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A queda na temperatura e o amarelar das folhas das árvores são sinais claros da chegada do outono, assim como da necessidade de uma atenção especial à cútis. Isso porque o tempo seco, típico da estação mais charmosa do ano, pode interferir diretamente na saúde e beleza do rosto, deixando-o ressecado, opaco e sem vida. 

Por isso, antes de sentir na pele os problemas causados pelos dias fresquinhos e pelas noites frias desta época, a dica é retomar alguns cuidados adotados durante o verão e investir pesado em outros, mais específicos e adequados para o novo clima.  

Hidratação
O ressecamento excessivo da cútis é o principal problema observado durante o outono. Dessa forma, hidratar a derme de forma eficaz é fundamental para preservar a barreira natural da pele e evitar a perda dos óleos e ácidos graxos essenciais. “A falta de umidade no ar influencia diretamente na hidratação da pele, diminuindo-a. Assim, é preciso uma força-tarefa para mantê-la”, explica Mariana Moraes, esteticista do Zahra Spa & Estética, de São Paulo. 

Devido às diferentes características, cada tipo de pele precisa receber uma rotina de hidratação especial. Para as mistas, o ideal é fazer uma nutrição profunda com produtos de qualidade, a cada 15 dias, tanto em casa quanto em clínicas estéticas especializadas. Já quem tem a pele mais oleosa, deve apostar num tratamento intensivo, feito uma vez ao mês. No entanto, diariamente, o ritual deve ter continuidade com o uso géis hidratantes, que possuem também ação sebo-reguladora. Já para as peles secas, o ideal são as formulações mais oleosas e as pomadas.

Proteção solar
Ao contrário do que se imagina, quem está acostumado a usar e abusar do filtro solar durante o verão não deve deixar o produto de lado durante o outono. Afinal, mesmo em dias frios e nublados, a emissão dos raios ultravioletas é ininterrupta, o que exige um cuidado especial. A única diferença, porém, é que a aplicação não precisa ser tão intensa quanto na estação anterior. 

Banhos mornos
Comuns nas noites frias de outono, os banhos quentes não são nada benéficos para a pele, pois a alta temperatura da água ajuda a eliminar a camada de proteção da cútis, estimulando o envelhecimento, a dilatação dos poros e, muitas vezes, provocando coceiras e irritações. O banho morno é a melhor opção, assim como o uso de sabonetes líquidos, que hidratam bem mais do que os tradicionais.

Frutas no cardápio
Conhecido também por ser a melhor época do ano para o amadurecimento das frutas, o outono pode ser um prato cheio para quem deseja hidratar o corpo de um jeito saudável e gostoso. Para isso, basta adicionar os nutrientes e vitaminas encontrados em maçãs, morangos, bananas, melões e laranjas no cardápio, pois essas frutas têm a função de controlar os radicais livres e retardar o envelhecimento cutâneo.  

Veja também:

2021 será melhor? Confira as previsões para este ano
Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade