0

Atenção, homens! Barbas podem ser tão sujas quanto banheiros

Pesquisa aponta que barba pode conter bactérias encontradas no instestino, mas conclusão divide opiniões de especialistas

5 mai 2015
15h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Gosta de homens barbudos? Pois saiba que algumas barbas podem ser tão sujas quanto banheiros e apresentar bactérias encontradas em fezes, de acordo com pesquisa do canal Action 7 News, nos Estados Unidos, realizada pelo microbiólogo John Golobic, da Quest Diagnostics.

Especialistas divergem se as bactérias presentes na barba podem fazer mal para a saúde
Especialistas divergem se as bactérias presentes na barba podem fazer mal para a saúde
Foto: iStock

Siga Terra Estilo no Twitter

O assunto causou polêmica entre especialistas, sendo que alguns acham que o detalhe da aparência leva a infecções de pele e à propagação de bactérias, enquanto outros afirmam que não é anti-higiênico. Os dados são do jornal Daily Mail.  

Para o experimento, Golobic analisou o material coletado da barba de voluntários. Descobriu que algumas amostras continham bactérias entéricas, que são normalmente encontradas no intestino. “Esse é o tipo de coisas que você encontraria em fezes”, comentou. “Embora seja verdade que fezes humanas são parcialmente compostas por bactérias do intestino, não é correto descrever essas bactérias como fezes”, comentou Nick Evershed, no jornal The Guardian, sobre manchetes que disseram que havia fezes na barba de homens, devido à má interpretação da frase do especialista envolvido no estudo.

Apesar dos protestos, continua a haver evidência de que barbas têm mais bactérias. O professor Anthony Hilton, diretor de ciências biológicas e biomédicas na Universidade de Aston, na Inglaterra, mencionou um estudo publicado na revista Anaesthesia, que analisou máscaras cirúrgicas usadas por médicos. “O que descobriram foi que os homens com barbas abrigam um número significativo de bactérias, mais do que os homens sem barba e mulheres”, comentou.

O médico afirmou que, embora existam comprovações de que as barbas estão cheias de bactérias, não há nenhuma prova de que isso leve a problemas de saúde. “Não é raro encontrar 20 mil bactérias sobre a pele e isso não é prejudicial.”

Segundo o professor de bacteriologia Hugh Pennington, na Universidade de Aberdeen, na Escócia, não há motivo para alarde. “É a mesma bactéria que está em sua pele. Não é problemático e não é um risco para a saúde.”

No entanto, há quem discorde dessa afirmação. A tricologista (especialista em pelos e cabelos) Carol Walker, consultora do Trichology Centre Birmingham, na Inglaterra, disse que o pelo facial pode levar a infecções de pele mais frequentes e a germes passados para os outros. “As cutículas no cabelo, que são como camadas de telhas em um telhado, armazenam germes e oleosidade. Pelos em volta das narinas e da boca estão bem colocado para abrigar bactérias. Se alguém tem um resfriado, a coriza pode escorrer e ficar presa no nariz, na barba. Alimento e bebida podem cair também”, comentou. “Se você é afetuoso com alguém, se você beijá-lo, pode passar as bactérias”, completou.

Confira a mudança de visual das famosas Confira a mudança de visual das famosas

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade